O ano está só começando, mas as despesas e gastos, esses nos acompanham há muito tempo!

Estamos vivendo momentos desafiadores. A inflação em alta, corroendo o nosso poder de compra, os salários sem reajustes reais, as incertezas trazidas pela Covid-19 e tudo isso somado à falta de organização financeira.

Contudo, diante de toda essa situação, é possível sim controlar o orçamento e colocar as contas em dia. E para te ajudar nessa jornada da organização financeira, liste 5 passos essenciais para pôr em prática já!

Revise Suas Finanças de 2021

Antes de tomar qualquer decisão em relação a vida financeira, primeiro é preciso revisar e analisar o ano que passou.

Como foi o seu 2021? Os meses fechavam no azul ou no vermelho? Você conseguiu poupar? Fez investimentos? Realizou sonhos ou precisou recorrer a empréstimos?

E a sua fatura do cartão de crédito e o extrato bancário, você os analisou mensalmente? Controlando o que comprava com frequência?

Respondendo a estas perguntas de forma honesta, você será capaz de enxergar como está a sua vida financeira e perceber o que precisa ser mudado, melhorado, potencializado.

Anote Todos os Gastos 

Chegou a hora de colocar a mão na massa e começar a registrar todos as despesas e receitas. Te convido a fazer um diagnóstico com precisão da sua situação financeira. Mas calma, será por um período de 30 dias. Para que que você consiga entender o seu perfil consumo e ter uma visão completa dos seus rendimentos, além das prestações e dívidas.

É importante entender que existem três tipos de despesas que precisam ser categorizadas no momento que você está fazendo o diagnóstico. São as despesas fixas, aquelas que você paga todo mês como aluguel, prestação da casa, condomínio, escola dos filhos, faculdade, dente outras. Tem as despesas variáveis, elas podem variar com o consumo ou até mesmo não existir todos os meses, como supermercado, salão de beleza, medicamento. E ainda existem os supérfluos, que são aquelas despesas esporádicas como uma balada, jantar fora, uma pizza.

Analise os Resultados

Depois dos 30 dias anotando tudo, chegou o momento de analisar os resultados. Você ficará surpreso ao descobrir o quanto gasta após somar todas as compras!

Costumo dizer sempre: “Não é o quanto você ganha, mas como você gasta”. O seu comportamento de consumo é decisivo para o sucesso ou fracasso das suas finanças.

Entender o seu perfil de consumo é muito importante para o próximo passo que é o de poupar. Saber como e quando você está gastando em cada categoria vai ser fundamental para a sua tomada de decisão sobre o que economizar e sobre o que cortar definitivamente do orçamento.

Monte o Seu Orçamento

Mas, o que é de fato um orçamento financeiro?

Muitas pessoas fazem essa pergunta. Tantas outras até entendem do que se trata, mas não sabem por onde começar.

O orçamento financeiro é uma ferramenta para controlar o dinheiro que entra e sai. E a sua finalidade é apresentar, de forma clara e palpável, algo que as pessoas possam visualizar e consolidar, em números, seus ganhos, despesas e os sonhos.

Estou disponibilizando para vocês, queridos leitores, uma planilha de orçamento prontinha para baixar no meu site  https://cifraoeducacaofinanceira.com/

Um alerta que preciso fazer: Não adianta adotar as ferramentas de controle, utilizar a planilha de orçamento e manter o mesmo estilo de vida, gastando e comprando sem pensar nas consequências futuras.

O importante é que você, independentemente da classe social ou do saldo da conta bancária, aprenda a viver com o que ganha adequando o seu padrão de vida.

Converse com a família sobre dinheiro

Recentemente fiz uma enquete no meu Instagram https://www.instagram.com/juliana.barbosa.cifrao/ para saber se as pessoas falavam sobre dinheiro com seus familiares. Uma boa parte assumiu não conversar sobre esse assunto. Infelizmente falar sobre dinheiro ainda é um grande tabu para as pessoas.

Reúna sua família e conversem sobre os sonhos. Os sonhos devem ser o combustível para a verdadeira transformação na sua vida financeira. Eles serão a ferramenta motivadora para ultrapassar os obstáculos.

Você é plenamente capaz de assumir o controle da sua vida financeira, organizando o seu orçamento e aprendendo a poupar.

Lembre-se: Quem manda no seu dinheiro é você e não o contrário!

Até Breve!