Você pode estar se questionando: será que a Bíblia tem mesmo o que ensinar sobre dinheiro?

Pois acredite, o maior Best Seller da história tem muito a dizer sobre finanças e como administrar bem os recursos financeiros. Uma pesquisa feita pelo escritor americano Howard Dayton, revelou que existem mais de 2350 versículos falando sobre dinheiro, finanças e riqueza na Bíblia. Já no livro de Provérbios, foco do nosso artigo, são mais de 100 passagens sobre esse tema.

O livro de Provérbios foi escrito por Salomão, filho de Davi, rei de Israel por volta de 900 AC. O tema central do livro é sobre ter uma vida sábia. E para lidar com dinheiro, nada melhor do que buscar a sabedoria. Por isso separei 7 princípios bíblicos para ter uma vida financeira próspera.

  1. Deixe a preguiça de lado – Pv 6:6-11

“Vai ter com a formiga, ó preguiçoso…”

Segundo o dicionário, preguiça é aversão ao trabalho, podendo ser interpretada ainda como negligencia, morosidade.

Se você anseia por uma vida próspera, deixar a preguiça precisa ser o primeiro passo.

“…trabalham durante o verão, ajuntando provisão para o inverno.” Assim precisa ser em nossas vidas, trabalharmos durante a juventude, enquanto temos vigor, sempre com um olhar para a longevidade. Pensando na nossa independência financeira e construção da aposentadoria sustentável.

  1. Gaste menos do que ganha – Pv 21:20

“O sábio economiza e tem sempre bastante comida e dinheiro em sua casa, mas o tolo gasta todo o seu dinheiro assim que o recebe.”

Gastar menos do que ganha é uma premissa indispensável na vida de todas as pessoas. Muitos parecem saber disso, mas não colocam em prática de forma efetiva.

É preciso ter um controle financeiro eficaz. Controlar os gastos, consumir de forma consciente e viver sempre um degrau abaixo do seu padrão de vida.

  1. Evite as dívidas – Pv 22:7

“O rico domina sobre os pobres e o que toma emprestado é servo do que empresta.”
Quando contratamos um empréstimo, estamos em dívida com alguém. Seja com um banco, uma financeira, uma loja ou até mesmo um parente. E por vezes nos tornamos servos dos nossos credores. Ficando a mercê de juros altos, em alguns casos até abusivos. Além de constrangimentos quando não conseguimos honrar e nosso CPF é negativado ou, ainda pior, quando um amigo ou familiar nos expõe porque estamos em débito.

Portanto, pense duas vezes antes de contrair dívidas.

  1. Poupe e invista regularmente – Pv 13:11

“O dinheiro ganho às pressas diminuirá, mas quem o ajunta aos poucos terá cada vez mais.”

De nada adianta o imediatismo quando o assunto é fazer o dinheiro render. Muitas promessas de dinheiro fácil e rápido acabam gerando grandes prejuízos. Por isso o correto a fazer é poupar diariamente para poder investir com regularidade.

  • Trabalhe com dedicação – Pv 22:29

“Você conhece alguém que faz seu trabalho com cuidado e perfeição? Em pouco tempo seu valor será reconhecido e ele será chamado para trabalhar para o rei.”

O trabalho dignifica o homem. E é por meio dele que realizamos nossos sonhos e objetivos. Contudo, quando temos zelo e dedicação com o nosso trabalho colhemos bons frutos e o reconhecimento vem.

  • Invista em conhecimento – Pv 18:15

A mente do homem sábio está sempre aberta para receber o conhecimento e seu ouvido aberto para ouvir novas ideias.”

Nunca para de aprender. Busque por conhecimento. Estude. Eduque-se financeiramente.

  • Seja Generoso – Pv 11:25

“Sim, a pessoa generosa terá sempre mais e mais; ela receberá de volta todo o bem que fez a outros.”

De nada adianta ser bem sucedido financeiramente, ter fatura, bons investimentos e não ser generoso com as pessoas a sua volta.

A generosidade é a qualidade de quem ama dar, doar. Pessoas generosas refletem o amor de Deus!

Ter uma vida financeira próspera é o desejo da maioria das pessoas. E entender como a Bíblia, que é a palavra de Deus, pode nos ajudar nessa jornada tornará nossa trajetória mais suave!

Até breve!